43Imagem PNG 2

40 BBQ Only Girls El Salvador – Fevereiro 2020

 

Difícil conter a expectativa da QUADRAGÉSIMA edição da BBQ Only Girls. Além de ser um número forte, a numerologia estava toda conspirando a nosso favor. Embarcamos para essa viagem no dia 02/02/2020, que além de ser uma data “portal” é também dia de Yemanjá, rainha do mar.

 

Time da 40 BBQ Only Girls El Salvador

Nove meninas chegaram com o coração aberto para viverem os dias de “buena vibra” que El Salvador sempre nos oferece com sua natureza estonteante. Tivemos várias modalidades de surf no grupo: pranchinha, bodyboard e longboard. Adoro essa troca de experiência que existe entre as meninas que surfam com diferentes pranchas, pois uma complementa a outra.

 Buena vibra, Km 59, El Salvador. Foto: Samuel Gonzalez

Valéria Demoner veio do Espírito Santo. Roberta Lavalle, do Rio de Janeiro. Marina Bouzon, de Santa Catarina. E Flávia Silva, Amanda Micali, Flávia Prupest, Diana Pereira, Alyne Harumi e Carolina Copeiro vieram de São Paulo.

Flavia Silva e Roberta Lavalle embarcaram pela terceira vez conosco. Já Marina Bouzon e Flavia Prupest se conhecerem há sete meses atrás em uma surf trip no nosso projeto para a Costa Rica e decidiram ir novamente juntas para explorar as ondas salvadorenhas dessa vez. E Amanda Micali participou da nossa última trip para El Salvador em 2019 e em menos de três meses, voltou para cá para surfar novamente as direitas perfeitas que conquistaram seu coração.

Iniciamos a trip na região de La Libertad porque os primeiros dias da viagem seriam, a princípio, os menores dias. Conseguimos explorar as ondas do Km 59, que além das famosas direitas, tinha também uma esquerdinha abrindo para o canal; o que surpreendeu quem achou que só pegaria direitas nessa viagem.

Marina Bouzon, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

 

Flavia Prupest, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

 

Valéria Demoner, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

 

Sorrisos pós surf, Km 59, El Salvador. Foto: José Gonzalez

No primeiro dia do swell fomos para El Zonte. Assim que chegamos foi aquela euforia. Linhas vindo perfeitas, abrindo, brilhando, chamando por nós. As meninas pegaram altas ondas e foi uma longa manhã de surf. Estava previsto irmos para Las Flores nesse dia, mas arriscamos ficar mais um dia em La Libertad porque queria muito que as meninas conhecessem e surfassem em La Paz.

Amanda Micali, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

 

Carolina Copeiro, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

 

Bruna Queiroz, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez
Roberta Lavalle, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

 

Diana Pereira, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

No dia seguinte de manhã, tivemos a certeza que valeu a pena. La Paz estava lindo e foi incrível ver as meninas se superando, botando pra baixo e desfrutando uma das ondas mais longas do país.

Alyne Harumi, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

 

Flavia Silva, El Salvador. Foto Samuel Gonzalez

Voltamos para o hotel com a cabeça feita e antes de pegarmos a estrada para Las Flores, rolou uma comemoração de aniversário surpresa para a Flavia Prupest, que ganhou também, um presentão de Netuno com uma linda onda em La Paz pela manhã.

Aniversário surpresa para Flavia Prupest em La Libertad

Chegamos em Las Flores e a energia daquele lugar contagiou o grupo. Assim que acordamos, antes do sol nascer, vimos a lua cheia se pondo.Vimos o amanhecer de dentro d’água enquanto corríamos as longas pistas de direitas de Las Flores. Um verdadeiro espetáculo da natureza. E assim foram nossos 3 dias por lá. Lua cheia se pondo, sol nascendo…sol se pondo, lua cheia nascendo. Dias bem vividos que passaram rápido demais.

 

A máquina de direitas em Las Flores. Foto: Moana Filmes
Lua cheia se pondo 5:30am, Las Flores. Foto: Moana Filmes
Amanhecer em Las Flores. Foto: Moana Filmes

Provando que a natureza em Las Flores é intensa e é quem dita as regras, na nossa segunda noite lá, ouve um pequeno tremor de terra. Nenhuma das meninas do grupo sentiu, mas isso alterou totalmente as condições do mar. Quando chegamos na praia na manhã seguinte, as longas direitas já não estavam mais tão perfeitas. O mar mexido e bagunçado, parecia que tentava se acertar, mas o vento girava e mexia tudo de novo. Conseguimos aproveitar e pegar boas ondas ainda neste dia, mas ficou a lição de que tudo que for relacionado a natureza, devemos aproveitar intensamente o momento vivido, pois amanhã tudo pode mudar.

Gracias El Salvador! Foto: Cesar Portillo

Obrigada El Salvador pela recepção maravilhosa de sempre! Obrigada a esse time lindo que são as mais novas velhas amigas de infância.

Agradecimento especial a Papaya Lodge e ao nosso amigo, guia e surfista local, Samuel Gonzalez.

Obrigada a Moana Filmes pela parceria sensacional de sempre.

E muito obrigada a todos nossos apoiadores: Calfin, Armamento Rebelde, Terral, Nutri4health, Protetor Brazinco, Board Aid, Wax Off, Naturebarr, Banana Wax, Crochê da Barone e Nias Tour.

Buena vibra a todos!